Tradutor

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Como praticar nudez em família



Apesar das boas intenções de muitos pais, que proíbem a nudez na família, essa proibição pode ter consequências negativas nas crianças.
Num mundo urbanizado e saturado como o nosso, as crianças com estas proibições podem manifestar um “apetite” para os assuntos relacionados com a nudez (dos quais a maioria não é saudável).
Depois, quando isto acontece, é preciso um grande trabalho para os pais afectados, mas você pode superar isso e ajudar seus filhos a evitar algumas dessas armadilhas da vida moderna. Felizmente, como pai, você tem a oportunidade única de proporcionar um ambiente saudável para a nudez no refúgio da sua própria casa.

Nota: Este guia destina-se principalmente como uma ferramenta para os pais que querem ensinar a seus filhos uma compreensão sadia da nudez humana. Como tal esta é destinada principalmente para uso por parte dos pais em sua casa.
O objetivo aqui não é promover a nudez em público, no entanto depois se se sentirem confortáveis poderão fazê-lo nos sítios próprios.

Passos

1. Incentivar a nudez familiar sem ser anormal. Crianças de tenra idade ainda não adquiriram uma compreensão sofisticada da modéstia, e realmente não se importam que os vejam nus. Este é o momento em que o pai pode moldar a sua consciência sem torná-las auto-conscientes da nudez, e por sua vez irá ajudar as crianças a associar a nudez a actividades de rotina e não a uma actividade exclusivamente impertinente, ajudando a que formas ilícitas de nudez possam perder o seu apelo mais tarde na vida.

2. Permitir que os seus filhos - desde o nascimento - possam vê-los nus em situações ordinárias (por exemplo, vestir, tomar banho ou usar a casa de banho), ou qualquer outra actividade onde a nudez seja uma parte natural. Por se sentir confortável com o seu próprio corpo vai naturalmente transmitir a mensagem aos vossos filhos de que a nudez é realmente algo bom e não algo a temer. Há naturalmente épocas na vida em que as roupas devem ser usadas para protecção, para o conforto ou simplesmente para cumprir normas sociais. No entanto, ao conversar com seus filhos sobre a nudez em casa como algo confortável, os seus filhos vão crescer compreendendo que estar nu no lar não é algo "horrível, e extremamente embaraçoso."

3. Comece permitindo / estimulando a nudez familiar durante o treino do bacio e continue ao longo da idade escolar. Você ficaria surpreendido com a rapidez com que o treino do bacio se enraíza, quando à criança é permitido andar nua em casa, mas ... esteja preparado para eventuais "acidentes", e para lidar com estas situações com calma e sem raiva ou repulsa.

4. Quando eles começam a reconhecer as diferenças entre eles e vocês, explicar-lhes a razão para estas diferenças. É sempre aconselhável o diálogo franco e sincero, e sempre que possível as explicações certas, como a razão para o peito da mãe das mulheres serem maiores ou a existência dos pêlos púbicos nos crescidos.

Dicas

• Importante para mostrar que a nudez é algo agradável, são situações que permitem a participação de toda a família em conjunto. Uma piscina coberta é o ideal, mas infelizmente não é uma solução válida para a maioria das famílias (nem as piscinas ao ar livre). Saunas também são excelentes para isso, mas também não são muito comuns nos diversos países. Uma ideia mais barata e prática, e que funciona durante todo o ano é uma banheira de água quente. As crianças vêem isso como um sítio onde podem brincar com os seus brinquedos na água e a presença dos pais pode proporcionar-lhes um banho diferente.

• Um outro benefício grande para a nudez em casa e para o entendimento saudável do corpo nu é que quando chega a hora de explicar a reprodução humana, haverá menos tensão nas crianças. Eles não terão o constrangimento da vergonha ao discutir (o que para outros podem ser) 'vergonhosas' partes do corpo. O facto de não existir tabu sobre a nudez, manterá as linhas de comunicação abertas durante a adolescência.

• Há muitos bons livros sobre a gravidez e a adolescência que se distanciam do aspecto sexual das mudanças fisiológicas da puberdade. Estes livros proporcionam um olhar muito neutro quase clínico sobre o peito das mulheres ou o crescimento de pêlos púbicos durante a adolescência, e chegam a incluir fotos muito simples e sem qualquer tipo de conotações sobre as várias etapas do crescimento dos jovens e até mesmo de nascimentos reais. Influências como essas ajudam a separar a nudez do sexo na mente da criança, e fornecer um quadro onde a nudez na família pode prosperar em benefício de todos.

• Perceba que nem toda a vergonha é má. A boa vergonha deve ser enraizada para nos ajudar a evitar situações comprometedoras. Mas outras vergonhas é o resultado do condicionamento social durante a infância, e que como resultado nos predispõe ao compulsivo uso das roupas.

• Respeite os outros padrões. Uma boa abordagem é focar que muitas outras pessoas não estão acostumadas à nudez, e que devemos respeitar os seus desejos. Isso pode significar manter as cortinas fechadas, ou fechar a porta da casa de banho quando os convidados estão presentes, por exemplo - uma prática que incentiva a cortesia, mas não a vergonha.

• Os adolescentes desenvolvem naturalmente um aumento de modéstia na altura da puberdade. Não force ninguém a ficar nu. Andar vestido em casa por um tempo pode ajudar a transição.

• Para as famílias onde as crianças são mais velhas, pode ser difícil mudar as atitudes. Em alguns casos, grandes decisões podem precisar de ser feitas, a fim de se libertarem alguns hábitos. Tais mudanças podem incluir libertar o lar de revistas, televisão ou outros meios de comunicação que subtilmente promovem que a "nudez é sexo". Os adolescentes podem ainda ver os pais como um modelo por isso, as atitudes dos pais podem repercutir-se nos filhos.

• O objectivo é proporcionar às crianças a oportunidade de ver a nudez de uma forma que é quase inexistente na nossa sociedade: torná-la neutra, parte não sensual da vida quotidiana e colocá-la no seu contexto apropriado. Isto vai ser um longo caminho para que eles compreendam isso, porque as tentações são encontradas muito facilmente fora das paredes de sua casa.

Avisos

• Tenha cuidado com quem você compartilha as práticas da sua família. Nem todas as pessoas irão facilmente chegar às mesmas conclusões que você. Na nossa sociedade, nudez e sexo ainda são considerados algo que está relacionado, o que deriva em parte de atitudes puritanas, mas também de décadas de influência hedonista pelos movimentos sexuais.

• Embora isto deva ser óbvio para qualquer pai ou mãe bem-intencionada, é recomendado todo o cuidado durante os momentos de intimidade e de relações conjugais. Uma vez que os órgãos genitais são uma grande fonte de prazer nessas alturas, há que ter o cuidado de acentuar as funções primárias (como o canal do parto e a micção) dos órgãos genitais às crianças mais novas. Qualquer coisa além disso pode dominar o seu desenvolvimento emocional e trabalhar contra o ambiente sadio que você está tentando manter. Durante os momentos de intimidade conjugal é melhor deixar as portas fechadas.

• Evite expor as crianças às fontes de internet que apresentam supostas fotos de arte mas que subtilmente contêm mensagens de carácter pornográfico, e que olhos menos treinados poderão não reconhecer imediatamente. O melhor exemplo deve ser sempre dado por você e pelo seu cônjuge.

• Incuta normas de higiene adequadas. Ao fomentar a nudez em família, deve sempre incentivar o uso de uma toalha para se sentar. Como qualquer pai sabe, as crianças nem sempre usam os melhores métodos de limpeza depois de irem à casa de banho. Não fique embaraçado ao ensinar os bons métodos de higiene pessoal aos seus filhos. Eles contam consigo para que os ensine adequadamente e correctamente.

Fonte WikiHow
Tradução livre casaisnudistas

Sem comentários:

Enviar um comentário