Tradutor

terça-feira, 22 de Abril de 2014

Verdade nudista


Alemanha: Munique introduz seis «zonas de nudez urbana»


Depois de as leis que regulam a nudez pública em Munique terem expirado no ano passado, a terceira maior cidade alemã destacou seis zonas onde os nudistas podem tomar banhos de sol como vieram ao mundo.
As zonas estão situadas em parques, que permitem alguma privacidade mas que estão a pouco tempo de viagem do movimentado centro urbano.
A primeira praia de nudismo na Alemanha foi instaurada em 1920, recorda o Daily Mail. Já o «Englischer Garten» («Jardim Inglês») de Munique é um local de afluência de nudistas desde 1960. O site naturisttravel.net aponta que a zona «Schonfeldweise» é um sítio «obrigatório» para os turistas amantes do nudismo.
«Das origens dos movimentos nudistas às companhias aéreas nudistas e aos hotéis nudistas, muito já se escreveu sobre o gosto dos alemães por tirarem as roupas em público», refere o site.
«Para uma parte da população de Munique, [estar nu em público] faz quase parte do seu ADN». «Sendo a Alemanha, não há qualquer vergonha no facto de estarem todos nus – o parque é chamado Jardim Inglês por causa do tipo de horticultura que se praticava, e não tem nada de irónico em relação ao tradicional pudor britânico», explica a publicação.

Fonte diáriodigital

terça-feira, 1 de Abril de 2014

Milhares procuram parques de nudismo para fazer férias

Como já escrevemos em post anterior, nós já fizemos férias em parque de campismo nudista em Málaga, Espanha. Experiência que adorámos e desejamos repetir, mas noutros parques nudistas/naturistas.
Numa pesquisa ao acaso chegámos ao parque Helio-Marin que resolvemos divulgar, parque esse que gostaríamos que fosse possível haver em Portugal, pois além de praia extensa, tem escola de surf, centro comercial, parque infantil e parque aquático. O ideal para fazer férias em família. O único senão é ser em França.

O Centro Helio-Marin, na costa atlântica francesa, foi o primeiro campo nudista a abrir em todo o mundo.

Inaugurado em julho de 1950, o centro Helio-Marin recebe, durante o verão, cerca de 14 mil visitantes.
O parque de campismo tem acesso a uma praia de nudismo com dois quilómetros de extensão.

Os visitantes podem acampar ou alugar uma das cabanas, durante o dia podem aproveitar a sombra das árvores, a sauna ou a piscina.

No Centro Helio-Marin, o exercício físico pode ser praticado a correr à beira-mar ou em jogos de futebol, andebol, ténis, ou simplesmente a andar de bicicleta.

Fica uma apresentação do youtube e a página da internet para poderem apreciar...




domingo, 9 de Março de 2014

Adoro andar nu pela casa

Quando eu tinha cerca de 14 ou 15 anos, comecei a experimentar a nudez em casa. No princípio era em privado, passando algum tempo nu no meu quarto, ou quando os meus pais não estavam em casa. Nunca consegui levá-lo para o próximo nível, até que a minha mãe entrou no meu quarto e me apanhou sentado na cama a ver televisão. Ela só disse oops, virou-se e saiu. Era o que eu precisava para passar para o próximo nível. Então dei mais alguns passos, ia do chuveiro para o meu quarto, nu e vestia-me com a porta da casa de banho aberta, etc... e então, mais uma vez, eu estava encurralado. O medo de ser apanhado impediu-me de me tornar mais ousado, então eu sabia que o que eu tinha que fazer era... ser apanhado novamente.
Eu estava a tomar banho um dia, fechei a água e pus os meus headfones nos ouvidos. Então, quando o meu pai bateu à porta eu não o ouvi. Eventualmente, ele pensou que alguém tinha deixado a luz acesa e entrou. Fingi não reparar nele e continuei a enxugar-me, ele pegou algo do armário e saiu. Isto fez com que eu passasse para outro nível, e agora eu me sentia confortável em dormir nu (não tenho porta) e em vez de correr de sala para sala, eu abrandei e passei a caminhar normalmente, com todo o tempo do mundo. Também passei a fazer lanches nocturnos, nu. Numa noite, enquanto eu estava na cozinha, a minha mãe entrou, arranjou um copo de água e simplesmente disse "está muito quente esta noite, o teu pai precisa de arranjar o ar condicionado" e voltou para a cama. E essa foi minha nova desculpa, "está muito calor". Essa desculpa deu-me a coragem que faltava para fazer o que tinha de fazer a seguir, fazer as actividades normais nu.
Esperei uma semana ou assim, e eventualmente, um dia, sentei-me no sofá e assisti tv completamente nu. A minha mãe entrou e sentou-se próxima de mim no sofá e mudou de canal... estivemos sentados lá conversamos sobre o progarama que estava a dar, mas notei que os meus nervos pulavam, e estava a começar a entrar em pânico porque nunca estive nu mais do que alguns minutos ao pé de outra pessoa. Assustei-me e tive que sair da sala. Senti que tinha falhado, e que nunca mais iria querer ficar nu ao pé de alguém novamente. Mas então eu comecei a pensar... se eu simplesmente parasse, então tudo teria sido por nada. Então decidi, eu precisava de passar um dia inteiro nu.
Eu não queria, eu estava mais nervoso do que nunca, mas, naquela manhã, quando ouvi que o pequeno-almoço estava pronto, eu tinha que me despir, e cada nervo do meu corpo gritava "O QUE É QUE ESTÁS A FAZER, TU ESTÁS NU, ELES VÃO VER-TE!!!", mas eu agarrei-me ao sentimento que tive da primeira vez que estive nu na sala, que foi a sensação de liberdade. Fui para a sala de jantar e os meus pais, agora habituados à minha nudez, não reagiram. A minha mãe olhou e fixou-me por um segundo, mas foi tudo. Sentei-me e comi durante uns bons 30 minutos. A sensação de nudez começou a desvanecer-se, e eu simplesmente saí da mesa e sentei-me a ver televisão. O meu pai foi trabalhar, e a minha mãe foi lavar a roupa (situação irónica). E quando os meus nervos começavam a ficar ansiosos outra vez, aconteceu um milagre. A minha mãe passou por mim, a caminho da máquina de lavar e tirou o top dela e colocou-o no cesto da roupa. Fiquei chocado, e percebi o que os meus pais tinham sentido cada vez que eu andava nu. Ela passou alguns minutos em topless, mas o efeito que isso teve em mim foi incrível.
Eu abrandei na nudez e senti que tinha escalado todas as montanhas que precisavam de ser escaladas. De vez em quando ia ver televisão nu, ou jantar.
Mas a partir desse momento eu estava confortável com meu corpo... é uma grande sensação

Tirado do Experience Project
Tradução livre CasaisNudistas

sábado, 8 de Março de 2014

Dia Internacional da Mulher

Neste dia internacional da mulher gostaríamos de manifestar a nossa homenagem a todas as mulheres que têm a coragem de ser nudistas.
E dizemos coragem, pois para um homem é mais simples tirar a roupa do que para uma mulher, visto que a mulher é muitas vezes vista como um símbolo sexual, e sem roupa muitas vezes é um alvo para muitos homens que utilizam o nudismo para obterem outro tipo de satisfação.
Assim, aqui fica a nossa homenagem...




domingo, 16 de Fevereiro de 2014

Dia dos namorados


Na sexta-feira comemorou-se mais um dia dos namorados.
E a nossa pergunta é porquê comemorar-se este dia num só dia e não todos os dias?
Aproveitem para namorar e para se surpreenderem todos os dias, sempre que o desejarem.
E que melhor maneira de comemorar estes dias se não nu.
Bons dias dos namorados.

terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

Boas festas



CASAIS NUDISTAS DESEJA A TODOS OS QUE NOS DÃO O PRAZER DA SUA VISITA OU QUE NOS ACOMPANHAM MAIS REGULARMENTE (E SUAS FAMILIAS), UM FELIZ NATAL - SE POSSÍVEL NUDISTA, E QUE O NOVO ANO DE 2014 SEJA PRÓSPERO PARA TODOS.