Tradutor

segunda-feira, 8 de Março de 2010

Tabu dos seios

Este artigo foi retirado do site 007b, e embora faça referências à cultura americana, algumas situações podem ser transpostas para outras culturas, pois facilmente conseguimos identificar alguns comportamentos, pois já os vimos ou continuamos a ver nas sociedades em que vivemos.
Embora no nosso país o termo correcto não seja este, por uma questão de não ferir qualquer susceptibilidade, foi utilizada palavra seios.


Tabu sobre seios

Na América do Norte e em muitos países culturalmente idênticos, os seios femininos são tabu: eles servem para estar tapados.
Expor os seios de uma mulher em público é considerado vergonhoso e inapropriado (exposição indecente) mesmo na praia ou a amamentar. Por outras palavras, os seios - ou os mamilos, pelo menos - é suposto estarem sempre cobertos.
Os pais tendem a educar as crianças da mesma maneira, e muitas das vezes as crianças enquanto crescem não vêem um peito nu (tirando o delas).
No entanto, sabemos que os maiores seios muitas vezes são falsos, uma vez que os modelos e actrizes usam soutiens push-up, e fazem ampliação do peito para melhorar artificialmente a forma como os seus seios parecem. Além disso, as fotografias muitas vezes são tratadas através de programas informáticos, para que pareça tudo natural.
Mas agora pensem: se as raparigas vêem continuamente estas propagandas sem uma visão do equilíbrio natural dos seios nus, não será normal que elas também comecem a preocupar-se seriamente sobre o tamanho e forma dos seus próprios seios?

Os Homens e a obsessão sobre os seios


Embora quase todas as mulheres americanas estejam preocupadas ou mesmo obcecadas com o tamanho e forma dos seus seios, alguns homens têm reais obsessões com os seios femininos porque os consideram uma fonte de fantasia sexual. Para estes homens, não há apenas uma apreciação geral da figura feminina ou das várias partes do seu corpo, mas sim um fetiche, uma fixação extrema ou obsessão.
No geral é o tabu sobre os seios e as imagens provocantes na comunicação social e televisão que incentiva os homens a ver os seios como objecto de excitação sexual. Os homens são actualmente condicionados a ver os seios como algo sexual - para eles, os seios tornam-se como objectos inanimados que, automaticamente, fazem um clique nos seus cérebros para a excitação.
Mas então, quem beneficia com este tabu dos seios femininos?
Isso não é difícil de responder: a indústria pornográfica pode agora ganhar bom dinheiro ao mostrar os seios nus a homens que não os vêem noutro lugar.
Porque na verdade se por exemplo, o topless fosse amplamente aceite e praticado, toda a gente saberia como os seios femininos pareciam, e as revistas que os mostram se calhar iriam vender muito menos.

Outras culturas

As mulheres europeias usualmente praticam topless nas praias, e muitos países europeus também têm praias de nudismo, onde tomam banhos de sol nus, e no entanto o ambiente é decente, não sexual, e as pessoas estão à vontade. A cultura da sauna na Finlândia faz com que as pessoas estejam habituadas a ver corpos nus, e como tal eles não vêem nos seios um tabu. As tribos primitivas em climas quentes usam muito poucas roupas e isso para eles também não levanta qualquer problema.
Naturistas e nudistas de todo o mundo estão sempre a enfatizar que a nudez não é igual a sexualidade e que não é obrigatório que a nudez seja um estimulante sexual se o ambiente e as atitudes não são sexuais. Na realidade, ver os seios nus numa praia de topless é capaz de dessensibilizar as mentes dos homens e tirar a visão dos seios como estimulante sexual, quando nada o indique.
É claro que os seios são uma parte do corpo feminino, e não há nada de errado em considerá-los belos, como parte do corpo de uma mulher. Mas deixemos que os seios sejam como as pernas, as ancas, o pescoço, a face e todas as partes do corpo de uma mulher - e não objectos inanimados que quase automaticamente, fazem um clique no cérebro dos homens para o "modo de excitação".

Tradução livre por casaisnudistas

1 comentário:

  1. Os seios, na nossa cultura latino americana, tem forte apelo sexual. Enquanto na Europa a pratica do topless é um ato natural, no Brasil desperta a libido dos homens não naturistas, o que leva muitas vezes a situações constrangedoras para as mulheres. Há casos de homens que ficam excitados ou até acabam se masturbando só pelo fato de verem uma mulher de seios desnudos na praia. Por esse motivo o topless deve ser praticado com muito critério por aqui, se recomendando fortemente restringir-se apenas às praias naturistas.

    ResponderEliminar